fbpx

FatosOnline.com

Fatos e fatos a cada instante.

A solenidade aconteceu no Plenário Deputado Osni Régis, na Assembleia Legislativa de SC. FOTO: Vicente Schmitt/Agência AL

Assembleia Legislativa homenageia mulheres cientistas que atuam em SC

A deputada estadual Luciane Carminatti (PT) é a propositora da homenagem

Sessão Especial da Assembleia Legislativa, realizada na noite de segunda-feira (30), homenageou as mulheres cientistas que atuam em Santa Catarina.

“É a primeira sessão em homenagem às mulheres cientistas. Espero que a Assembleia tenha conseguido retribuir de forma simbólica o trabalho e a esperança que vocês representam de dias melhores para o nosso estado. Estamos celebrando toda excelência feminina na pesquisa, no ensino e na produção do conhecimento, com protagonismo e valiosas contribuições”, discursou Luciane Carminatti (PT), propositora da homenagem.

A presidente da Comissão de Educação lembrou que entre os ganhadores do prêmio Nobel, apenas 3% foram mulheres. E que no Brasil, cerca de 40% dos pesquisadores são mulheres, mas somente 10% lideram grupos de pesquisas.

“É o resultado da inviabilização histórica, que chegou a creditar conquistas femininas a homens nos séculos passados”, sustentou a deputada.

Vanessa da Rosa (PT) destacou a fortaleza das mulheres cientistas e festejou o colorido de raças e cores da plateia que lotou as galerias do plenário Osni Régis.

“Estou muito feliz de estar entre mulheres tão potentes. Muito justa a homenagem, depois de tanto negacionismo, de tanta truculência conosco, com os cientistas, com a ciência, que bom estar aqui com mulheres que nos mostram que podemos estar onde quisermos e que fazemos muita coisa, inclusive ciência. Vocês são ousadas, fortes e nos representam muito, hoje a noite é de mulheres fortes, de todas as raças e de todas as cores”, comemorou Vanessa.

A pesquisadora Alexandra Eliza Vieira Alencar, do Departamento de Antropologia da UFSC, falou em nome das homenageadas e ponderou a invisibilidade feminina.

“Há muitos processos de invisibilidade que as mulheres cientistas passam na sua produção de conhecimento. Estamos celebrando mulheres que contribuem para o desenvolvimento da ciência, mas tais conquistas por vezes foram permeadas por muito sofrimento e solidão. Que a celebração de hoje não fique apenas no reconhecimento do mérito científico, mas em condições mais respeitosas e valorativas dessas mulheres dentro e fora das instituições”, apelou Alexandra.

A professora Maria Elisa Máximo, que representou a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), agradeceu o gesto dos parlamentares e criticou o discurso virulento contra as mulheres.

“Temos muitos casos de perseguição de mulheres e essas violências políticas têm partido de dentro das casas legislativas em uma sanha antidemocrática e persecutória, empenhada na eliminação de pensamento antihegemônico. Esta sessão solene resgata e ressitua o papel da Casa, o papel da defesa da educação e do crescimento científico e tecnológico”, sustentou Maria Elisa.

O governador Jorginho Mello prestigiou as homenagens acompanhado de várias mulheres que compõem o governo, como secretárias de estado, diretoras e presidentes de empresas.

“Estou aqui com muita alegria, se o governo vai bem é porque tem bastante mulher no governo, porque mulher não é só importante na área da ciência, é em tudo. As mulheres são grandes incentivadoras, sou filho de uma professora primária de uma escola multisseriada e sempre segui os passos dela. Tenho muito orgulho de ser governador de um estado que tem o nome de mulher”, afirmou o chefe do Poder Executivo.

Uma sessão prestigiada
Além das 69 homenageadas, amigos e parentes, a sessão contou com a participação de representantes das universidades públicas e particulares que se dedicam à pesquisa científica, da Secretaria de Estado da Educação (SED), assim como de entidades ligadas à pesquisa.

Na oportunidade foram exibidas no telão do plenário saudações do presidente da SBPC, Renato Janine Ribeiro, e da ministra da Ciência, Tecnologia e Inovação, Luciane Barbosa Oliveira Santos.

Instituições homenageadas

  • Instituto de Estudos de Gênero (IEG)
  • Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência – Regional Sul (SBPC/Sul)
  • Mulheres cientistas homenageadas
  • Adiles Savoldi, da (UFFS/Antropologia)
  • Adriana Coutinho de Azevedo Guimarães (Udesc/Educação Física)
  • Alexandra Eliza Vieira Alencar (UFSC/Antropologia)
  • Anahí Guedes de Mello (UFSC/Instituto Anis Bioética/Antropologia)
  • Andréia da Silva Daltoé (Unisul/Ciências da Linguagem)
  • Angela Malheiros (Univali/Química)
  • Arlene Anélia Renk (Unochapecó/Ciências Sociais)
  • Célia Regina Vendramini (UFSC/Educação)
  • Claudete Teresinha Junges (Unijuí/Educação nas Ciências)
  • Cynthia Beatriz Scheffer Dutra (IFSC/Engenharia Mecatrônica)
  • Daiane Dordete Steckert Jacobs (Udesc/CEART)
  • Daniela Becker (Udesc/Engenharia de Materiais)
  • Débora de Oliveira (UFSC/Engenharia Química)
  • Débora Peres Menezes (UFSC/CNPq/Física)
  • Deise Ingrid Schneiders (UFFS)
  • Diva Marília Flemming (UFSC/Unisul/Educação/Matemática)
  • Dóris Ghilardi (UFSC/Direito Civil e Direito da Família)
  • Fátima Costa de Lima (Udesc/Ceart/Artes Cênicas)
  • Fernanda Brandão Lapa (Univille/Direito/Direitos Humanos)
  • Geovana Mendonça Lunardi Mendes (Udesc/SBPC/Educação)
  • Glaucia de Oliveira Assis (Udesc/Instituto Brasil Plural/IEG/Demografia)
  • Graziela Dias Alperstedt (Udesc/ESAG/Ciências Sociais Aplicadas/Administração)
  • Helen Treichel (UFFS/Engenharia de Alimentos)
  • Ilanil Coelho (Univille/Ciências Humanas)
  • Janaína Pereira dos Santos (Epagri/Agronomia)
  • Janice Reis Ciacci Zanella (Embrapa/Veterinária e Virologia)
  • Joana Célia dos Passos (UFSC/Educação)
  • Joana Maria Pedro (UFSC/História)
  • Joziléia Daniza Jagso Kaingang (UFSC/Antropologia)
  • Juliana Machado Casali (IFSC/Materiais e Componentes de Construção)
  • Leda Scheibe (UFSC/Educação)
  • Leticia Scopel Camargo Carniel (Sociedade Brasileira de Ecotoxicologia)
  • Luana Rockenbach
  • Luciana Butzke (FURB/Ciências Sociais)
  • Luciane Bisognin Ceretta (Unesc/Enfermagem)
  • Luzinete Simões Minella (UFSC/Sociologia)
  • Marcia Barbosa Henriques Mantelli (UFSC/Engenharia Mecânica/Satélites)
  • Mareli Eliane Graupe (Uniplac)
  • Margarete Dulce Bagatini (UFFS/Farmácia)
  • Maria Aparecida Rita Moreira (Associação de Educadoras/es Negras/os de Santa Catarina/Letras)
  • Maria Elisa Máximo (UFSC/Antropologia)
  • Maria Helena Tomaz (Udesc)
  • Maria José Hötzel (UFSC/Medicina Veterinária)
  • Maria Raquel da Silva Stolf (Udesc/Linguística, Letras e Artes)
  • Mariurka Maturell Ruiz (UFSC/Cultura, Gênero e Migrações)
  • Marlene de Fáveri (Udesc/Ciências Humanas)
  • Marta Jussara Cremer (Univille/Meio Ambiente/Animais Marinhos)
  • Martha Andreia Brand (Udesc/Engenharia Florestal)
  • Michele Alda Rosso Guizzo (IFSC/Criciúma/Tecnologia Digital Aplicada à Educação)
  • Miriam Pillar Grossi (UFSC/Antropologia)
  • Noeli Gemelli Reali (UFFS/Educação)
  • Normélia Ondina Lalau de Farias (Universidade do Extremo Sul Catarinense/Química)
  • Regina de Fátima Peralta Muniz Moreira (UFSC/Engenharia Química)
  • Regina Melim Cunha (Udesc/Linguística, Letras e Artes)
  • Renata Assis Casagrande (UDESC/Lages/Ciências Agrárias/Veterinária)
  • Roselane Fátima Campos (UFSC/Centro de Ciências da Educação (CED)/Educação)
  • Sabrina Arcaro (Unesc/Engenharia de Materiais)
  • Sandra Aparecida dos Santos (Unidavi)
  • Sandra Pottmeier (EEB Padre José Maurício / Blumenau/Educação)
  • Simone Riske Koch (FURB/Ciências da Religião)
  • Sirlei Antoninha Kroth Gaspareto (UFSC)
  • Solange Maria Alves (UFFS/Educação)
  • Tahis Regina Baú (IFSC/São Miguel do Oeste/Tecnologia de Alimentos)
  • Teresa Kleba Lisboa (UFSC/Serviço Social e Sociologia)
  • Teresinha Marisa Bertol (Embrapa/Zootecnia)
  • Thaiana Pereira dos Anjos Reis (IFSC/Garopaba/Informática)
  • Vanilde Citadini Zanette (Unesc/Ciências Biológicas)
  • Vera Fátima Gasparetto (UFSC/Interdisciplinar em Ciências Humanas – Área de Concentração: Estudos de Gênero)
  • Zelinda Maria Braga Hirano (FURB)

Sobre o Autor

Compartilhe este Fato: