fbpx

FatosOnline.com

Fatos e fatos a cada instante.

Deputado Fabiano, Divulgação Luca Gebara

Com apenas uma em cada 10 escolas em obras, SC tem falta de acessibilidade na educação

Segundo o deputado estadual, Fabiano da Luz, muitas escolas estão sem reformas há anos

Das 1053 escolas da rede estadual, 113 estão com obras em andamento, enquanto outras 298 têm projetos, mas que ainda não saíram do papel. Os dados são da Secretaria de Educação a partir de pedido de informação do deputado estadual Fabiano da Luz (PT).

O parlamentar fez o questionamento em julho, antes da votação do projeto da Universidade Gratuita, com a intenção de mostrar que a educação básica catarinense necessitava de mais investimentos. Segundo ele, muitas escolas estão sem reformas há anos.

Porém, o que chama atenção nas respostas é a falta de acessibilidade nas escolas estaduais. Apenas 296 instituições têm corrimão e guarda-corpo – espécie de grade de proteção de corrimão –, enquanto outras 757 não possuem. Essas estruturas são uma das mais fundamentais em ambientes com jovens.

Sobre piso tátil, 979 das 1053 unidades não possuem. Elevador é realidade em 29 escolas. Sinalização visual no piso e parede estão em 45 apenas. Apenas as rampas estão na maior parte das estruturas: 967 têm.

“Quando estávamos discutindo a Universidade Gratuita, batemos muito na tecla de que é preciso investir na educação básica. O ensino superior é importante, mas sem esquecermos dos investimentos na base, na melhoria da infraestrutura, na valorização dos nossos professores. Fizemos o pedido de informação para ter esses números e cobrar”, destaca Fabiano.

Outras estruturas

As quadras de esporte coberta também estão longe de ser realidade em escolas públicas de Santa Catarina. Apenas 399 instituições declararam que possuem a estrutura. Quadra descoberta é a realidade de 633 colégios. 

As respostas do Estado continuam com a questão da biblioteca: 902 escolas possuem. Laboratório de Informática tem em 848 unidades e Laboratório de Ciências, em 266.

Sobre o Autor

Compartilhe este Fato: