fbpx

FatosOnline.com

Notícias que impactam seu dia a dia

Deputada Ana Paula Lima

Comissão de Saúde aprova requerimento da deputada Ana Paula para ouvir o tenente-coronel, Mauro Cid

O objetivo da Audiência Pública é esclarecer os fatos recentes envolvendo a suposta falsificação na carteira nacional de vacinação do ex-presidente Jair Bolsonaro, Mauro Cid e seus familiares

A Comissão de Saúde da Câmara Federal aprovou requerimento da deputada Federal, Ana Paula Lima (PT-SC), para ouvir o tenente-coronel do Exército Brasileiro, Mauro Cesar Barbosa Cid, juntamente com representantes do Ministério das Relações Exteriores (Itamaraty) e do Ministério da Saúde.

O objetivo da Audiência Pública é esclarecer os fatos recentes envolvendo a suposta falsificação na carteira nacional de vacinação do ex-presidente Jair Bolsonaro, Mauro Cid e seus familiares. Mauro Cid, ex-ajudante de ordens de Bolsonaro, está preso em decorrência de investigação da Polícia Federal.

Durante as buscas foram encontrados R$ 35 mil dólares e R$ 16 mil reais em espécie. O celular do ex-presidente Jair Bolsonaro também foi apreendido. A suspeita é de que foram falsificados os cartões de imunização de cinco pessoas: Jair Bolsonaro, sua filha, Mauro Cid, sua mulher e sua filha.

De acordo com informações prévias, a adulteração foi descoberta pois o grupo tentou registrar um lote de vacinas no sistema de Duque de Caxias (RJ) a partir do preenchimento feito em Cabeceiras (GO). A ferramenta do Ministério da Saúde rejeitou as informações, mas os envolvidos imprimiram o comprovante do ConectaSUS antes de apagar. A partir daí começaram as investigações.

Cid também é investigado por participar da receptação de joias da Arábia Saudita, avaliadas em R$ 18 milhões, recebidas ilegalmente em uma comitiva do Ministério de Minas e Energia do governo Bolsonaro no país asiático, em 2021. As informações divulgadas hoje apontam ainda que o ex-presidente fez três viagens aos Estados Unidos no período que o processo aponta suspeita de fraude na carteira nacional de vacinação.

A deputada federal Ana Paula Lima (PT), vice-líder do Governo na Câmara, Presidente da Frente Parlamentar pela Vacina e titular na Comissão de Saúde, afirma que as acusações afetaram toda a Saúde Pública do país.

“Além dos prejuízos diplomáticos após entrada da comitiva oficial nos Estados Unidos com possíveis documentos públicos falsificados, com possibilidade de o governo norte-americano restringir vistos para brasileiros, focamos na irresponsabilidade das autoridades acusadas ao colocar em risco a vida das pessoas envolvidas.”

Sobre o Autor

Compartilhe este Fato: