fbpx

FatosOnline.com

Fatos e fatos a cada instante.

Brasília - Desfile cívico e militar de 7 de setembro na Esplanada dos Ministérios (Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Governo organiza desfile comemorativo ao 7 de Setembro

Celebração terá como slogan "Democracia, soberania e união" e terá início às 9h, diretamente da Esplanada dos Ministérios

Para celebrar o Dia da Independência do Brasil, o Governo Federal realizará o tradicional Desfile de 7 de Setembro na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. Previsto para iniciar às 9h, com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, tem como slogan “Democracia, soberania e união” e está sendo organizado pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (Secom).

“Nossa mensagem principal, com esta celebração nacional, é a de união das pessoas, das famílias. Nação quer dizer ‘união de um povo’, sentimento de pertencimento. Vamos resgatar os valores da República, os símbolos oficiais, como a Bandeira do Brasil e o Hino Nacional, que sempre foram de todos nós e que contam nossa história. Exaltar esses símbolos nacionais é fundamental para reavivar o que está na Constituição brasileira”, afirma o ministro da Secom, Paulo Pimenta.

O ministro explica o conceito do desfile, que neste 2023 inovará e terá quatro eixos temáticos: “Paz e Soberania”, “Ciência e Tecnologia”, “Saúde e Vacinação” e “Defesa da Amazônia”. “São temas que se mostram, a cada ano, mais caros ao povo brasileiro e que voltam a ser muito valorizados pela gestão do presidente Lula”, afirma o ministro.

Diversas ações foram feitas para garantir um Desfile de 7 de Setembro seguro, mais enxuto, dinâmico e atrativo. A previsão de duração é de aproximadamente duas horas. Entre outras atrações, terá execução do Hino Nacional, passagem das tropas das Forças Armadas (Marinha, Exército e Forças Aéreas), apresentação de escolas, como a do Governo do Distrito Federal (GDF), profissionais do Corpo de Bombeiros, além de bandas e participações especiais de várias instituições.

Um dos pontos altos será o tradicional show aéreo da Esquadrilha da Fumaça, da Força Aérea Brasileira.

Na tribuna de honra do presidente, estarão cerca de 200 convidados, entre ministros, chefes de Poderes e representantes das Forças Armadas – Marinha do Brasil (MB), Exército Brasileiro (EB) e da Força Aérea Brasileira (FAB).

A organização dos eventos em torno do Dia da Independência do Brasil também contou com a participação do ministro da Defesa, José Mucio; do ministro do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República (GSI/PR), general Marcos Antônio Amaro dos Santos; dos comandantes do Exército, Tomás Miguel Paiva; da Marinha, Marcos Sampaio Olsen; e da Aeronáutica, Marcelo Kanitz Damasceno, além do chefe do cerimonial da Presidência da República, Fernando Igreja.

A expectativa de público é de 30 mil pessoas.

EXPOSIÇÃO – Após do Desfile de 7 de Setembro, o público poderá continuar na Esplanada dos Ministérios e conferir a exposição em homenagem às Forças Armadas. A mostra será montada na área externa do Museu Nacional. A abertura oficial ao público ocorrerá logo após o término do desfile.

ENSAIO – O ensaio geral com a participação de todos os envolvidos no evento e também a imprensa está marcado para o próximo dia 2 de setembro.

ACESSO – A circulação de veículos na área da Esplanada dos Ministérios estará bloqueada no dia 6 de setembro, na altura da Catedral de Brasília até a Praça dos Três Poderes. Todos os acessos à Esplanada contarão com revista de segurança.

O acesso à Praça dos Três Poderes será restrito, com bloqueio e policiamento a partir da Avenida José Sarney. O Congresso Nacional, os ministérios da Justiça e Segurança Pública e de Relações Exteriores, bem como o Supremo Tribunal Federal (STF), serão protegidos com gradis e policiamento.


SERVIÇO

Desfile de 7 de Setembro
Início do Desfile: 9h
Abertura do acesso às arquibancadas: 6h

SEGURANÇA E TRÂNSITO
Acesso principal: Buraco do Tatuí na via S1
→ Acessos de público na via S2: escadas dos blocos B, C e D
→ Acessos de público na via N2: escadas dos blocos K, M e N
* Todos os acessos com revista

▸ Vias N1 e N2 apenas com acesso de veículos credenciados. Via S2 trânsito liberado.

O acesso à Praça dos Três Poderes será restrito, com bloqueio e policiamento a partir da avenida José Sarney. O Congresso Nacional, os ministérios da Justiça e Segurança Pública e de Relações Exteriores, além do Supremo Tribunal Federal (STF), serão protegidos com gradis e pelo policiamento.

⛔ ITENS PROIBIDOS

  • Fogos de artifício e similares
  • Armas em geral
  • Apontador a laser ou similares
  • Artefatos explosivos
  • Sprays e aerossóis
  • Mastros confeccionados com qualquer tipo de material para sustentar, ou não, bandeiras, cartazes etc
  • Garrafas de vidro e latas
  • Armas de brinquedo, réplicas, simulacros e quaisquer itens que possuam aparência de arma de fogo
  • Drogas ilícitas, conforme a legislação brasileira
  • Substâncias inflamáveis de qualquer tamanho ou tipo
  • Armas brancas ou qualquer objeto que possa causar ferimentos, mesmo que representem utensílios de trabalho ou cultural (a exemplo: tesouras, martelos, flechas, tacos, tacape, brocas)

Também está proibido o uso de drones no espaço aéreo da Esplanada. Além das intervenções no trânsito e das revistas, estão previstas ações de policiamento e reforço nos atendimentos de emergência e de delegacias específicas para registro de ocorrências.

🚑 APOIO E EMERGÊNCIA

  • Haverá pontos de atendimento médico conjunto do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e do Corpo de Bombeiros (CBMDF), além de equipes espalhadas pela área do desfile. Serão 17 pontos de hidratação ao longo do evento. Ambulantes credenciados e ficarão posicionados na via de ligação do Museu da República. Não haverá venda dentro da área de segurança do desfile.

📣 INFORMAÇÃO PARA JORNALISTAS

  • A distribuição das credencias para jornalistas aprovados será feita entre os dias 4 e 6 de setembro, na sala 5 do Palácio do Planalto, das 10h às 17h.

A Secom disponibilizará transporte entre o Anexo 1 do Palácio do Planalto até a tribuna da imprensa. Os jornalistas credenciados precisam chegar ao Anexo 1 entre às 6h30 e 7h20 do dia 7 de setembro. Quem perder esse horário, não terá acesso à tribuna. Haverá ônibus para levá-los de volta ao Anexo 1, entre 11h30 e 12h30.

As Unidades Móveis de Jornalismo (UMJ) aprovadas precisam ser posicionadas na véspera do evento.

Sobre o Autor

Compartilhe este Fato: