fbpx

FatosOnline.com

Fatos e fatos a cada instante.

MPF promove seminário Enfrentamento do Neonazismo na Região Sul nos dias 14 e 15/09

Iniciativa da Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão busca diálogo com pesquisadores, entidades ligadas à defesa dos direitos humanos, MP, polícias e governo federal

O Ministério Público Federal (MPF) vai realizar o seminário Enfrentamento do Neonazismo na Região Sul, nos dias 14 e 15 de setembro, em Florianópolis, no auditório da Procuradoria da República em Santa Catarina.
O seminário é uma iniciativa conjunta da Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC) com o Núcleo de Apoio Operacional à Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão na 4ª Região (Naop PRR4) e das Procuradorias Regionais dos Direitos do Cidadão (PRDC) nos estados de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul.

De acordo com o procurador regional da República na 4ª Região e coordenador do Naop PRR4, Marcelo Beckhausen, os dois dias de seminário em Florianópolis servirão para o MPF traçar estratégias conjuntas para abordar o problema junto às demais partes envolvidas, a partir da troca de ideias, diálogos e ampliação do espaço de atuação da instituição no enfrentamento do discurso de ódio.

Os debates sobre o combate à intolerância e ao discurso de ódio observado em grupos neonazistas na região Sul do Brasil, com foco nas políticas públicas e nas ações na área criminal, contarão com a participação de pesquisadores da temática do neonazismo no sul do país, entidades representativas dos Direitos Humanos, Museu do Holocausto, polícias Federal e Civil dos três estados (Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina), Ministério dos Direitos Humanos, Ministério da Justiça e Ministério da Educação, além de órgãos de governo ligados à tutela do direito do cidadão.

O seminário contará com palestras presenciais e por meio de videoconferências, em formato híbrido. O evento será transmitido pelo canal do MPF no YouTube e pelo Zoom.

Participantes – Uma das presenças já confirmadas no seminário é de Cláudia Maria Dadico, atualmente diretora de mediação e conciliação de conflitos agrários do Ministério do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar, que é especialista no tema. Cláudia, juíza federal, integrou a Associação Juízes para a Democracia e publicou o livro Crimes de Ódio – Diálogos entre a Filosofia Política e o direito, em 2020.

Também confirmaram participação, a partir de videoconferência, a assessora especial do ministro da Justiça e Segurança Pública, Estela Aranha; o coordenador-geral do Museu do Holocausto, Carlos Reiss; e a diretora do Programa de Políticas Educacionais Warren do Instituto Auschwitz para a Prevenção do Genocídio e Atrocidades Massivas, Clara Ramírez-Barat. A superintendente da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) em Santa Catarina também confirmou e estará presencialmente no evento.

O quê: 

Seminário Enfrentamento do Neonazismo na Região Sul
Quando: 14 e 15 de setembro


Onde: Auditório da Procuradoria da República em Santa Catarina


Rua Paschoal Apóstolo Pitsica, 4876 – Edifício Luiz Elias Daux – Agronômica, Florianópolis (SC)


Inscrições: https://forms.gle/hp62JqvUqi5fd3np6

Sobre o Autor

Compartilhe este Fato: